O Divino em Portugal



Se lhe dissermos que Portugal é um mundo de culturas, vai achar que exageramos.



Cenários naturais ou citadinos mostram-nos importantes locais religiosos, locais de peregrinação e encontro desde há séculos. Experimente-os e parta numa descoberta do país e de si próprio.


Em honra da Virgem são celebradas procissões e romarias, que assumem características relacionadas com as atividades de cada local. Se em Lamego a imagem é levada num carro de bois, em Viana do Castelo, Constância ou Albufeira os andores sulcam as águas nos barcos dos pescadores. Já a imagem de Nossa Senhora do Cabo Espichel é ela própria a peregrina e percorre diversas paróquias dos arredores de Lisboa, aproximando-se dos crentes que a recebem com pompa e devoção.

Viaje até Peniche, cidade de pescadores, e visite a Igreja consagrada a Nossa Senhora dos Remédios, cuja fama milagrosa atrai grandes romarias.

Óbidos, onde as muralhas protegem ruas estreitas de traça medieval. Passeie entre casas brancas, visite o castelo e entre nas igrejas para descobrir as maravilhas que escondem.

Caldas da Rainha, onde no séc. XV, a Rainha D. Leonor mandou edificar o primeiro hospital termal do mundo. Rume à Nazaré e no Sítio, no topo do altíssimo esporão rochoso, veja a marca da ferradura do cavalo de D. Fuas Roupinho.

Prossiga para o Mosteiro de Alcobaça que D. Afonso Henriques prometeu erguer se conquistasse Santarém. Construído pela Ordem de Cister em 1178 foi o centro espiritual destas terras consagradas à Virgem Maria. Entre na igreja e deixe-se invadir pela mística proporcionada pela sua dimensão e sobriedade. No transepto admire os belíssimos túmulos de D. Pedro I e D. Inês, que colocados frente a frente aguardam o reencontro no Dia do Juízo Final.

No Mosteiro da Batalha dedicado a Santa Maria, a quem D. João I pediu auxílio para derrotar os castelhanos em Aljubarrota, deixe-se fascinar pelos rendilhados de pedra desta obra-prima do gótico a que o sol do fim de tarde acrescenta uma beleza sublime.
 Conheça o Santuário de Fátima, Altar do Mundo. Sinta o ambiente de religiosidade da Cova da Iria visitada por milhões de peregrinos.

Vá até Ourém. O seu nome está ligado ao romance trágico de Fátima, donzela moura, que por amor a um cavaleiro cristão se converteu ao Cristianismo e passou a chamar-se Oureana. Visite o castelo, uma das mais inovadoras obras da arquitetura militar do séc. XV, hoje em dia palco de banquetes medievais.

Por vilas, cidades e aldeias, descubra um património rico em memórias evocativas da presença judaica em Portugal.

Embora se conheçam referências anteriores, foi entre os séculos V e XV que a comunidade judaica sefardita se estabeleceu no território, contribuindo de diversas formas para a cultura portuguesa durante esses dez séculos. Protegidos pelos monarcas, muitos dos seus membros, entre os quais se encontravam filósofos, humanistas, cientistas e mercadores judeus, participaram ativamente em vários momentos importantes da História portuguesa, em que se destacam os contributos financeiros e científicos durante a época dos Descobrimentos.

Em 1496, o Édito de expulsão proclamado pelos reis Católicos de Espanha e ambiguamente seguido pelos reis portugueses, obrigou os judeus à conversão ao catolicismo tornando-os cristãos-novos. Muitos saíram do país, mas muitos ficaram e mantiveram a sua fé de forma secreta. As marcas e inscrições simbólicas desses tempos podem ainda ser vistas, esculpidas nos prédios das antigas judiarias, cujos vestígios ainda se preservam nalgumas localidades como Belmonte, Guarda, Castelo de Vide ou Tomar.


Esteja atento: Rua Nova, Rua Direita, Rua da Estrela ou Espinosa são exemplos de nomes que assinalam a existência de uma judiaria no local. Repare nas casas e verá, no piso térreo, uma porta larga de acesso à loja e outra mais estreita, de entrada na habitação. São uma prova do importante impulso que os judeus deram à atividade comercial. Nalgumas ombreiras, ainda vê as Mezuzot esculpidas na pedra.



Sabia que uma das primeiras obras impressas no país foi uma edição do Pentateuco? Foi feita por Samuel Gacon, em Faro, em 1487. Em Lisboa, onde foi fundada a Grande Sinagoga, em 1307, encontra no Museu Arqueológico do Carmo uma das mais antigas inscrições portuguesas em hebraico, a Pedra de Monchique, proveniente da Judiaria do Porto.


Descubra a história judaica na história de Portugal. Para se orientar mais facilmente, siga a Rota das Judiarias, um testemunho do encontro de povos e culturas que nos orgulhamos de preservar.

Quando D. Afonso Henriques conquistou Portugal aos Árabes, no tempo em que estes eram os senhores da região, eram erguidas igrejas cristãs no mesmo local em que se erguiam mesquitas, substituindo desta forma, o culto do Islão.

Além dos católicos, Portugal tem ainda uma presença relativamente significativa de evangélicos (ou protestantes) e de testemunhas de Jeová. Os judeus, os anglicanos, os islâmicos, os hindus, os ortodoxos, os bahá'ís, os budistas, os gnósticos e os espíritas são os restantes grupos religiosos minoritários existentes neste país europeu.
Segundo um estudo realizado em 2005, cerca de 81% da população portuguesa indicou que "Acredita em Deus", cerca de 12% que "Acredita que existe alguma forma de espírito ou força da vida" e ainda cerca de 6% que "Não acredita que exista uma força divina, Deus ou força vital".

Em Portugal a Constituição consagra a liberdade de consciência, de religião e de culto (artº 41). Portugal segue o princípio da separação entre o Estado e as Religiões. Segundo a Lei da Liberdade Religiosa, o Estado Português é não-confessional; isto significa que não adota qualquer religião oficial, nem se pronuncia sobre questões religiosas e não programa a educação ou a cultura segundo diretrizes confessionais.

Temos o 7 bem no meio do coração, na emo7ão.

Passagens Aéreas   Hotéis & Pousadas   Câmbios
Cruzeiros   Passaportes & Vistos   Assistência em Viagem
Pacotes Nacionais & Internacionais   Rent a Car   Tours
Viagens Globais Personalizadas
Adaptado – Diversificado – Sofisticado
Viagens de Incentivos – Melhor Idade
Parcele em até 12 vezes!


Trabalhamos com Arte,
Criamos com Paixão!

Working with Art,
Creating with Passion!


Contacte-nos! Vamos viajar juntos!
Come along! Let's travel together!!

PHONE +55 71 3032 0700
CEL +55 71 99334 0015
emo7ion@emo7iontour.com

Rua Fernando Menezes de Góes 73, Sala 309
Pituba, 41810 – 700 Salvador, Bahia, Brasil

Postagens mais visitadas